quarta-feira, 13 de abril de 2011

“Minha Casa, Minha vida” divulga nova lista de beneficiários em Itabuna


Na última segunda-feira (11), foi divulgada uma lista de 691 prováveis contemplados na quarta remessa do programa “Minha Casa, Minha Vida” em Itabuna. Eles têm até a próxima sexta-feira (15) para comparecer à Casa do Bolsa Família (Travessa Juarez Távora, nº 32, bairro São Caetano), munidos de documentos (RG, CPF, Certidão de Casamento ou Nascimento). O atendimento é das 8 às 14 horas.

“Esses documentos têm que ser tanto do beneficiário quanto do companheiro”, ressalva Márcio Abreu, diretor de Combate à Pobreza da Secretaria Municipal da Assistência Social. Ele explica, ainda, que esse novo rol é fruto de visitas realizadas pelo referido programa e dos cadastros daí decorrentes.

A lista, vale lembrar, está disponível no site da prefeitura (www.itabuna.ba.gov.br) e em todos os postos de saúde da cidade. “Quem ainda não possui inscrição no Cadastro Único, o mesmo cadastro de beneficiários do Bolsa Família, terá que levar os documentos originais de todos os maiores que moram na casa – RG, CPF, Título de Eleitor, Carteira de Trabalho e comprovante de residência (conta de energia elétrica); dos menores só é preciso levar a Certidão de Nascimento ou RG; quem já tem o cadastro deve levar só RG, CPF, Certidão de Casamento ou Nascimento do beneficiário ou companheiro”, orienta Márcio Abreu.

Previsão de entrega

O programa “Minha Casa, Minha Vida”, iniciativa do governo federal, prevê a entrega dos primeiros 1.360 apartamentos no próximo mês de junho. “Desse total, 992 estarão no bairro São Roque e 368 no Califórnia”, detalha o diretor, acrescentando que está prevista a construção de ao todo cinco mil unidades.

Podem ser beneficiárias do citado programa pessoas com renda familiar de até R$1.395. Conforme Márcio Abreu, ainda no dia 15 de abril (sexta-feira) será aberto cadastramento no site da prefeitura para quem ainda não está em nenhuma lista ou não foi localizado pela equipe do programa de Combate à Pobreza. Dia 18, 19 e 20 de abril, inclusive, haverá cadastro na Casa do Bolsa Família. O público-alvo desse procedimento presencial, esclarece o diretor, são “as famílias extremamente pobres”. Elas deverão levar, para se cadastrar, os seguintes documentos: RG, CPF e NIS (Número de Inscrição Social).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário